Como ser bela..

Outro dia, fui visitar um asilo e tinha uma senhora, não muito idosa, mas com uma paralisia cerebral desde que nasceu.

Não falava, seus gestos eram descoordenados, mas a enfermeira me disse que ela fazia questão de colocar seus anéis e seu batom todos os dias!

Fiquei com isso na cabeça por alguns dias, e resolvi escrever sobre isso. Refletindo um pouco.

Para aquela senhora, se embelezar era sua prioridade. Não sei se ela tem consciência de sua incapacidade. Ai pensei nas 2 opções:

  1. Ela sabe que tem um problema grave

Mesmo assim, tem prazer em se arrumar, se sentir bonita, pra ela mesma. Utiliza plenamente sua capacidade de decidir sua aparência, mesmo que limitada.

E isso a faz feliz!

  1. Ela não tem a menor noção que é incapacitada

Será que é um instinto? Será que ela copia alguém que admira? O que mais ela é capaz de avaliar e que ninguém sabe?

Percebi que ela não ficava se exibindo ou mostrando os acessórios que tinha, ela estava naturalmente levando a vida, conversando com os visitantes do jeito dela. Sentir-se bonita já bastava.

E isso a faz feliz!

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Então passei a me ver diferente, depois desse dia. Eu quero me sentir bonita também!

Seja em um detalhe ou no geral, este sentimento é algo que nos motiva e nos dá segurança para interagir com outras pessoas, mesmo que para os outros não seja o ideal de beleza.

Não como os outros me veem que alegra e sim como eu me vejo que me deixa mais forte e poderosa.

Não espero um elogio, por que eu mesma já fiz isso quando me arrumei para o dia, disse ao espelho, tudo que eu queria ouvir, não preciso mais que alguém veja minha beleza, ela está lá e eu sei disso.

Quem conseguir ver também já estará conectado a mim de uma maneira bem mais profunda do que se eu seguisse somente a opinião de outras pessoas.

Um abraço gostoso!

 

Este foi apenas um breve momento de reflexão da colabora Mia G.

Anúncios